Jornal O Debate

Informação com Credibilidade

Hospital da Unesp Botucatu registra mais de 100 casos curados de Covid-19

Em todo o país, número de casos recuperados ultrapassa os 2 milhões

Indo na contramão do cenário de óbitos e também do aumento de casos de Covid-19, o Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu, se destaca pelo número de casos de pessoas recuperadas.

A unidade atingiu, na última quarta-feira (05), a marca de 104 pacientes curados do novo Coronavírus. Esse é um marco para a instituição que reestruturou protocolos de segurança e criou iniciativas humanizadas que auxiliam no tratamento dos pacientes, se tornando referência no combate ao novo Coronavírus.

O Hospital também faz parte do Centro de Contingência do Covid-19, inaugurado no início de março. Esse Centro tem o objetivo de monitorar e coordenar ações contra a propagação do novo coronavírus, e conta com especialistas das redes pública e privada, com ênfase na área de Infectologia, sob a supervisão do Secretário de Estado da Saúde, José Henrique Germann, e coordenação do médico infectologista David Uip.

A iniciativa visa estabelecer protocolos para diagnóstico, assistência e para o desenvolvimento de medicamentos e de uma possível vacina eficaz contra a doença. Durante a primeira reunião formal do grupo, foi definida uma rede de pesquisas para prevenção e tratamento do novo COVID-19.

O Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu é responsável pelo atendimento de 68 municípios do Estado de São Paulo, cidades que fazem parte do Pólo Cuesta e Vale do Jurumirim, totalizando 2 milhões de pessoas.

Em nível nacional, o Brasil ultrapassou nesta quarta-feira (5) a marca de 2 milhões de recuperados da Covid-19, segundo estimativa do Ministério da Saúde. Ao todo, 2.020.637 pessoas já teriam sido curadas da doença. O número representa 70,7% do total de casos confirmados. Outros 741.180 pacientes continuam em acompanhamento (25,9%).