Jornal O Debate

Informação com Credibilidade

Empresas colaboram no combate ao novo Coronavírus em São Manuel

Usina São Manoel, Citrosuco e Grupo Votorantim fazem doações para profi ssionais da saúde

A iniciativa privada tem se solidarizado ao poder público para o enfrentamento à pandemia da Covid-19.

Recentemente, o Governo de São Paulo anunciou, no segunda-feira (18), a arrecadação de R$ 653,5 milhões em doações da iniciativa privada para aplicação exclusiva em ações de combate ao novo coronavírus. O montante foi obtido junto a 362 empresas em nove reuniões semanais do Grupo Empresarial Solidário de São Paulo.

Empresas e entidades fizeram as doações por meio de recursos financeiros, serviços e produtos como alimentos, itens de higiene, equipamentos hospitalares e de proteção individual para profissionais da saúde e das forças de segurança, entre outros materiais.

Todo o processo está sendo auditado pela PricewaterhouseCoopers Brasil, com apoio da Deloitte na organização dos processos.

O Estado elaborou uma cartilha para orientar doadores a contribuir sem a incidência de impostos. As doações em dinheiro são concentradas no Fundo Social de São Paulo.

As doações das últimas duas reuniões por teleconferência do Grupo Empresarial Solidário de São Paulo, realizadas em 11 e 18 de maio, chegaram ao montante de R$ 76 milhões. Os recursos somam-se às arrecadações anteriores, alcançando o total de R$ 653,5 milhões. Todo o processo está sendo auditado pela PricewaterhouseCoopers Brasil, com apoio da Deloitte na organização dos processos.

Por aqui, recentemente, a Usina São Manoel realizou o empréstimo de termômetros digitais que estão sendo utilizados pelos servidores da rede municipal de saúde, nos controles de acesso ao Município, visando orientar e coletar dados estatísticos de nossos visitantes. A empresa também colabora nas ações de combate ao Coronavírus auxiliando na higienização de ruas e praças públicas do município.

O gesto, neste momento de pandemia da Covid-19 é de grande valia; pois somente com a colaboração de todos será possível vencermos essa guerra contra o vírus.

Outra empresa, a Citrosuco, fez a doação de máscaras cirúrgicas N95 aos servidores da rede municipal de saúde. Este modelo é capaz de garantir proteção em dois sentidos, porque tem um filtro de ar que bloqueia pelo menos 95% das partículas em suspensão e ajuda na proteção contra doenças por transmissão aérea, como o coronavírus.

Já o Grupo Votorantim realizou a doação de toucas e aventais aos servidores da rede municipal de saúde.

Além de grandes empresas, estabelecimentos de pequeno e médio porte também auxiliam no combate ao novo Coronavírus com doações de produtos e serviços voluntários.