Jornal O Debate

Informação com Credibilidade

Comerciantes se reinventam durante crise

Tal medida visa não gerar aglomerações, evitando assim, possíveis focos de transmissão da Covid-19

Com o avanço da pandemia do novo coronavírus no Brasil e no mundo, o comércio e as pequenas empresas do país têm sentido os efeitos das medidas de isolamento social e fechamento de estabelecimentos não essenciais. Em tempos de crise, encontrar novos modelos e reinventar o próprio negócio se tornaram alguns dos principais desafios do empreendedor.

Diante da crise, o sofrimento é inevitável. Nesse momento de ruptura, é importante que tenhamos a capacidade de deixar algo ir e abrir espaço para o novo. É o momento de olhar para dentro e deixar de lado já o que não faz mais sentido, tanto para você como para a empresa.

Mais que nunca os empreendedores precisam ser criativos. E para isso, é preciso entender o que o mercado está fazendo e vale ver o que as empresas do ramo estão fazendo em outro estado, outra cidade.

As pessoas tendem a achar que criatividade é coisa apenas para publicitário, mas o empresário precisa ser criativo e entender o problema de uma forma profunda.

É preciso manter a mente aberta e ficar o tempo inteiro com as antenas ligadas. Assim, consegue-se criar novas conexões e conhecer novas realidades, usar o tempo livre para se capacitar.

Mas, se de um lado há incentivo e até mobilização a favor do uso do delivery para não impactar tanto o caixa de restaurantes, bares e lanchonetes, listados como estabelecimentos que não podem abrir ao público, como ficam os pequenos comércios considerados não-essenciais, como cosméticos, vestuário e calçados, por exemplo?

Vendendo à distância. Ou seja, via sites, redes sociais, marketplaces, televendas. Enfim, o que não dá é para sua loja parar de faturar de repente. E, muito menos, ser esquecida pelos consumidores enquanto durar esse período.

Para tentar diminuir as perdas dessa quarentena, Alexandre Giraldi, consultor do Sebrae- -SP, afirma que o ideal é manter sua empresa viva com ações diferenciadas, olhando para o comportamento do consumidor para entender o que ele precisa em um cenário sem previsão de voltar à normalidade.

“Seja a compra de roupas dos filhos que cresceram, ou a troca de toalha de mesa por um jogo americano, vale oferecer produtos de melhor valor agregado a um custo acessível para ficar sempre em contato com o cliente.”

Como tática para fidelizar consumidores ou atrair novos, Giraldi recomenda fazer campanhas pelo WhatsApp, do tipo “Monto sua sacola”. Para isso, basta enviar uma cesta de produtos ao gosto do cliente. O que não interessar, devolve.

Ou ainda, fazer disparos no WhatsApp de tabloides com listas de produtos que se encaixam em suas preferências, com preços, descontos, prazos de entrega e parcelamentos diferenciados.

“Até o próprio dono pode montar campanhas onde ele mesmo fará a entrega (mantendo a devida distância), já que está de ‘folga’ pois não pode abrir a loja: o consumidor economiza no frete, e ainda se sente mais próximo da marca.”

“Nesse momento de ruptura, é importante que tenhamos a capacidade de deixar algo
ir e abrir espaço para o novo. É o momento de olhar para dentro e deixar de
lado já o que não faz mais sentido, tanto para você como para a empresa.”

Porém, a venda via mídias sociais, como a lojinha que se monta no Instagram, o cadastro de produtos no WhatsApp Business para o cliente acessar, assim como ferramentas de impulsionamento ajudam, no mínimo, a gerar tráfego onde quer que os produtos desse pequeno lojista estiverem expostos.

Agora é o momento de usar a criatividade, e se adaptar, como fizeram Graciela Xavier, da Yasmin Cosméticos & Cia e os irmãos Marli e Adilson Moura, do Trailer Doce Pastel.

Graciela Xavier inaugurou a Yasmin Cosméticos & Cia, onde vende cosméticos, acessórios e marcas profissionais, em 2016, e não imaginava, como todo o mundo, que após 4 anos, com o comércio já estabelecido, fosse surgir a pandemia de Coronavirus e tudo tivesse que ser fechado da noite para o dia.

“Nos primeiros dias foi muito difícil. Mas como todos os tipos de comércio tivemos que nos reinventar. Então tivemos a ideia de trabalhar com entregas e Drive Thru. Nas entregas, acima de R$30,00 não cobramos taxa e se for pelo sistema de Drive Thru, o cliente liga e entregamos na porta”, conta a proprietária Graciela.

Segundo a empresária, o momento não está sendo fácil para ninguém. “Estamos passando por um momento difícil, mas tenho fé que tudo irá passar e aos caros colegas comerciantes, eu deixo uma mensagem: Se tivermos lucidez, empatia e amor ao próximo, sobreviveremos”, finaliza.

A Yasmin Cosméticos & Cia fica na Av. São Paulo, 69. Cohab 1. Em frente à Escola Faraco. Telefone: (14) 99183 9855 Para os proprietários do Trailer Doce Pastel, os irmãos Marli e Adilson Moura, a crise do Coronavirus não foi muito diferente de outros comerciantes em geral.

Segundo Marli, desde que inauguraram o Trailer Doce Pastel, há dez meses, já trabalhavam com o disk entrega. “Sempre achamos adequado e uma grande facilidade para os clientes e deu muito certo”, conta.

“Agora, nessa nova realidade, continuamos com o disk entrega e introduzimos o drive thru, que também está sendo muito bem aceito pela comunidade, onde os clientes ligam, fazem os pedidos e vem buscar”, diz Adilson.

Pensando em inovar, os proprietários tiveram algumas ideias. “Colocamos em nosso cardápio mais uma opção para os clientes, Pizza individual, com diversos sabores salgadas e doces. Está sendo um sucesso, aumentando nosso leque de opções. Além dos pastéis salgados e doces, caldo de cana, cervejas, refrigerantes e sucos naturais”.

“Essa fase que estamos vivendo, infelizmente fez o movimento diminuir muito. Mas acreditamos que as pessoas estão mais em casa e acabam fazendo as próprias refeições ou porque as pessoas estão economizando por não saberem o que vem mais para frente. Infelizmente, nós do comércio, estamos passando uma fase muito complicada, mas temos a certeza que vai passar, e tempos melhores virão”, finalizam os irmãos Marli e Adilson Moura.

O Trailer da Doce Pastel fica na Praça Tonico e Tinoco, e o telefone para entregas é o (14) 99183-9341.