Jornal O Debate

Informação com Credibilidade

As novas tecnologias na escola

A escola tem sido muito afetada pela pandemia, pois a forma de estudar mudou drasticamente. O sistema de ensino à distância não é totalmente novo, mas o que estamos vendo é uma dificuldade dos alunos em se adaptarem. Nesse sentido, o envolvimento dos pais, professores e alunos durante o processo faz-se necessário, pois, assim, os impactos negativos deste momento educacional serão amenizados.

A consequência disso será observada futuramente, quando alunos precisarem saber sobre as matérias estudadas durante este período e não conseguirem desenvolver um raciocínio por completo.

Vale ressaltar que para muitos, em casa, é muito mais fácil perder o foco nos estudos. Falta organização na rotina e eles acabam sentindo-se sobrecarregados com a quantidade de exercícios propostos pela escola, pois olham para os deveres de uma forma geral e sem planejamento. Logo, uma exaustão psicológica pode acontecer não efetivamente pela quantidade de exercícios propostos, mas pelo olhar em relação a eles.

Em ambos os problemas, tanto na passividade dos estudos quanto na falta de planejamento, há formas de encontrar soluções. Cabe aos pais, alunos e aos próprios professores a iniciativa de tentar diminuir os impactos da educação à distancia. Os pais devem criar um ambiente de estudos adequado aos seus filhos, pois estudar embaixo das cobertas pode não ser muito efetivo para a maioria. Já os alunos precisam fazer as atividades no mesmo dia em que foram pedidas, assim evitarão o acúmulo de obrigações e a ansiedade que isso gera. Se eles não estiverem conseguindo se planejar, o ideal é pedir ajuda. Por fim, os professores devem dar dicas de estudo e planejamento aos seus alunos.