Jornal O Debate

Informação com Credibilidade

Anhembi isenta portadores de doenças graves de pagar IPTU

Cadastro deve ser feito até 15 de fevereiro e isenta proprietários, inquilinos dependentes ou residentes de imóveis

Anhembi vai começar a isentar portadores de algumas doenças graves do pagamento do IPTU a partir deste ano. Até 15 de fevereiro, os moradores devem fazer um cadastro no site da prefeitura para obter o benefício. A iniciativa foi aprovada em abril do ano passado e isenta proprietários, inquilinos dependentes ou residentes de imóveis da cidade do pagamento do imposto a partir deste ano.

O cadastro pode ser feito por portadores de doenças graves, incapacitantes ou que sejam doentes em estágio terminal. O cadastramento pode ser feito através do site da prefeitura ou pessoalmente. O morador precisa levar os documentos requisitados e um laudo pericial que comprove a condição do paciente.

Segundo a prefeitura, a isenção foi pensada para facilitar a vida de quem passa por um momento delicado e aliviar o peso no orçamento da família, que precisa gastar com remédios e tratamento.

As doenças que isentarão moradores são: tuberculose ativa; hanseníase; alienação mental; esclerose múltipla; hepatite grave; neoplasia maligna (câncer); paralisia irreversível e iincapacitante; cardiopatia grave; Parkinson; espondiloartrose anquilosante; nefropatia grave; estado avançado da doença de Paget; síndrome da imunodeficiência adquirida (Aids); contaminação por radiação; cegueira (inclusive monocular); fibrose cística (mucoviscidose) e síndrome de Talidomida.