O MAIOR LEGADO PARA O MUNDO

Em vez de dar-lhes um peixe, ensine-os a pescar. Ensine-os a esperar e a ter paciência quando a gratificação estiver atrasada, ou esuquecida. Forneça oportunidades para o tédio, uma vez que o tédio é o momento em que a criatividade desperta para a vida, não se sinta responsável por sempre manter as crianças entretidas, não use a tecnologia como uma cura para o tédio e nem se sinta obrigado a oferecer no primeiro segundo de inatividade do seu filho.

Evite usar a tecnologia durante as refeições, em carros, restaurantes, shopping. Use esses momentos como oportunidade para socializar e treinar os cérebros para como funcionar quando estiverem no modo tédio. Ajude-as a criar, por exemplo, uma garrafa de tédio, com ideias de atividades para quando estiverem entediadas. Esteja emocionalmente disponível para
se conectar com as crianças e ensinar-lhes a autorregulação e habilidades sócio emocionais. Desligue os telefones a noite quando as crianças tem que ir para cama, para evitar a distração digital. Torne-se um regulador ou um treinador ou coaching emocional dos seus filhos, ensine-os a reconhecer e a gerenciar suas próprias frustrações e raiva.

Ensine-os a dizer olá, a se revezar, a compartilhar sem se esgotar de nada, a agradecer e agradecer, reconhecer o erro e pedir desculpas sem serem forçadas para isso e seja o modelo de todos esses valores. Conecte-se emocionalmente, sorria, abrace, beije, faça cócegas, leia, dance, pule, brinque ou até rasteje-se com elas, enfim, seja o coaching dos seus filhos, o maior legado que você pode deixar para o mundo não é o dinheiro ou os bens materiais que você deixará para seus filhos, mas o tipo de filhos que você deixará para o mundo.

Abraços e sucesso!!!
Bene Bassetto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *