O MAIOR LEGADO PARA O MUNDO

Há uma tragédia silenciosa que está se desenvolvendo hoje em nossas casas e diz respeito a nossas joias mais preciosas, “nossos filhos”. Nossos filhos estão em estado emocional devastador, nos últimos quinze anos os pesquisadores nos deram estatísticas cada vez mais alarmantes sobre um aumento agudo e constante da doença mental da infância que agora está atingindo proporções epidêmicas.

As estatísticas nos mostram que uma em cada cinco crianças tem problemas de saúde mental, um aumento de 43% no Tdh foi observado, um aumento de 37% na depressão adolescente também foi observado e um aumento de 200% na taxa de suicídio foi observado em crianças de 10 a 14 anos.

Mas o que está acontecendo? E o que estamos fazendo de errado?

As crianças de hoje estão sendo estimuladas e superdimensionadas com objetos materiais, mas são privadas dos conceitos básicos de uma infância saudável, tais como pais emocionalmente disponíveis, limites claramente definidos, responsabilidades, nutrição equilibrada e sono adequado, movimento em geral, mas especialmente ao ar livre, jogos criativos, interação social, oportunidades de jogos não estruturados e espaço até para que elas tenham tédio.

Em contraste, nos últimos anos, as crianças foram preenchidas com pais digitalmente distraídos, pais indulgentes e permissivos que deixam as crianças governarem o mundo sem que se estabeleça as regras, o sentido de direito de obter tudo sem merecê-lo ou ser responsável por obtê-lo, sono inadequado, nutrição desequilibrada, um estilo de vida sedentário, estimulação sem fim, armas tecnológicas, gratificação instantânea e até ausência de momentos chatos.

Continuação na próxima edição do jornal

Abraços e sucesso!!!
Bene Bassetto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *