pontodevista@odebateregional.com.br

Edição 603 de 14/09/2018

Patricia Rodrigues - Ponto de Vista

Estudante, mãe,  mulher, de bem com a vida e com as pessoas.

Patricia de Cassia Rodrigues concluiu Técnico em Administração na Escola Carlos Bom e Técnico em Logística na Faculdade Marechal Rondon. No momento está cursando Ciências Contábeis. Atualmente,  integra a equipe de colaboradores da Rádio Clube AM 1510 e do Jornal O Debate,  como contato comercial.  Filha de  José  Roberto Rodrigues e Maria Helena Da Silva(Lenona), Patrícia nasceu em São Manuel no dia 14 de dezembro e tem três filhos: Lais, 21 anos,  Larissa, 18 anos e Leonardo, 17. Nesta entrevista ao Jornal O Debate, Patricia conta como foi sua vida profissional, seus planos para o futuro e um pouco de sua vida. 

Jornal O Debate: Onde fez seus primeiros estudos?

 Patricia de Cassia Rodrigues: Eu cursei o ensino fundamental nas escolas Dr. Augusto Reis e Profº Atílio Innocenti.

OD: E os estudos seguintes?

Patricia: Concluí o   Técnico em Administração na Escola Carlos Bom e Técnico em logística na Faculdade Marechal Rondon.

OD: Qual sua formação profissional?

Patricia: Estou cursando Ciências Contábeis e pretendo ser uma  profissional nessa área.

OD: Qual sua primeira atividade na vida, como aprendiz ou profissionalmente?

Patricia: Minha primeira atividade na minha área foi como estagiária no IPREM de São Manuel

OD: Onde trabalhou anteriormente? E atualmente?

Patricia: Já trabalhei como empregada doméstica, cozinheira no restaurante do Clube Água Nova e atualmente sou contato comercial na Rádio Clube de São Manuel AM 1510 e no Jornal O Debate, e de finais de semana  continuo trabalhando no restaurante do Clube de Campo Água  Nova.

OD: Quais os seus planos para o futuro na atual atividade?

Patricia: Eu gosto muito do meu trabalho, convivo com uma equipe maravilhosa que me agregam muito valor, no jornal e na rádio e pretendo me dedicar cada vez mais. Aprender sempre e vender muita publicidade kkk...


OD: Quais foram as competências e valores que você sempre seguiu?

Patricia: Amar o próximo e ajudar meu semelhante, ser honesta e responsável foram meus maiores ensinamentos, cresci vendo minha mãe fazer isso, e continuo fazendo e tentando passar para meus filhos.  

OD: Você é mãe, faz atividade física e trabalha fora. Como concilia tudo isso?

Patricia: É difícil, porém faço tudo com muito amor. Principalmente ser mãe, que é o melhor presente que Deus me deu. Sobre a atividade física sempre fui muito sedentária, apesar de sempre trabalhar, nunca conciliava a atividade física na minha vida, com isso adquiri diabetes e fiquei bem acima do peso, mas há três anos descobri o prazer que é a atividade física.  Atualmente  eu faço regularmente aulas de dança e circuito funcional e quando possível ainda faço umas caminhadas kkk... Em relação ao trabalho, procuro sempre fazer com muito amor e dedicação, assim ele se torna um prazer e não uma obrigação.

OD: Você se considera uma mulher realizada?

Patricia: Muito, pois vejo o retorno dia a dia de todas as minhas batalhas, sou mãe de três filhos maravilhosos. Sempre trabalhei com o intuito de dar uma boa educação para os filhos, e já tenho uma filha cursando Universidade Federal em outro estado e os outros dois estão seguindo o mesmo caminho.

OD: O que é ser uma mulher bem sucedida para você?

Patricia: Pra mim é a mulher que consegue manter suas responsabilidades domésticas, pessoal e ainda saber administrar sua carreira e seu trabalho, não temendo novos desafios.

OD: Quais seus planos para o futuro?

Patricia: Tenho muitos, como aprimorar meu lado profissional, buscar sempre por novos conhecimentos, estudar, viajar e viver intensamente.

OD: Quais as atividades que a atrai em seus momentos de lazer?

Patricia: Reuniões familiares, passear com as minhas amigas e dançar, sou completamente apaixonada pela dança.

OD: Qual é a sua rotina de exercícios e alimentação?

Patricia: Faço aulas de dança duas vezes por semana à noite e  treino circuito funcional três vezes por semana no período da manhã. Em relação à alimentação,  procuro me vigiar muito, pois cheguei a pesar 30 quilos a mais do que peso atualmente. Não tomo refrigerante,  tento resistir aos doces e procuro comer frutas e fibras mais de uma vez ao dia.

OD: Como você vê a cidade de São Manuel atualmente?

Patricia: Amo incondicionalmente essa terrinha  manuelina, mas vejo uma cidade com muitas dificuldades de progresso nos tempos atuais e deficiente de muitas necessidades básicas.

OD: O que você diria para os jovens de hoje?

Patricia: Estudem, busquem sempre o conhecimento e jamais de forma alguma desista de seus sonhos. Fui mãe muito jovem e por isso não consegui concluir meus estudos no momento certo, mas nunca desisti de estudar. Fiz a prova do Enem no mesmo ano que a minha filha mais velha e ambas conseguimos nossas  bolsas de estudos através daquela prova do Enem.

OD: O que tem a dizer sobre as responsabilidades que envolvem o cidadão no mundo atual?

Patricia: Poderia ser um pouco melhor, muitos não cumprem seus deveres como cidadãos. Ouço muito as pessoas reclamarem da corrupção dos governantes, mas acabam se esquecendo da sua própria. É muito comum ver pessoas desrespeitarem idosos, filas, darem aquele famoso jeitinho brasileiro. 

Central São-manuelense de Comunicação – Jornal O Debate, Rua Cel. Rodrigues Simões, 69
Centro – São Manuel – SP, Telefones (14) 3842.3637 / 3841-4459 – contato
Desenvolvimento e Hospedagem: TeraQualy