pontodevista@odebateregional.com.br

Edição 588 de 26/01/2018

Ponto de Vista: Pe. Adauto José Martins

Pároco completou ontem, 25/01, 10 anos de ordenação sacerdotal e em fevereiro fará 9 anos de atuação em São Manuel.

 

 

Em 2009 foi criada em São Manuel, a Paróquia Nossa Senhora Consolata, e para dirigi-la, foi designado como pároco o padre Adauto José Martins, oriundo de Lençóis Paulista, sua terra natal. Filho de Antonio Victor Martins e de Alzira Anholeto Martins, ele nasceu no dia 18 de agosto de 1973, e realizou seus primeiros estudos na Escola Estadual de 1º grau "Profª. Antonieta Grassi Malatrazi", em Lençóis Paulista. Depois cursou o 2º Grau na Escola Estadual de 1º e 2º Graus "Virgilio Capoani".

Ele tomou posse como pároco da Paróquia Nossa Senhora Consolata no dia 08 de fevereiro de 2009.

Diz que na juventude não tinha plena certeza de sua vocação, e que essa certeza veio depois, quando ingressou no Seminário em Botucatu, no ano 2000, fazendo o Curso Propedêutico e o primeiro ano de Filosofia. Completou Filosofia no Seminário Provincial Sagrado Coração de Jesus, de Marília, reconhecido pela Universidade do Sagrado Coração – USC de Bauru.

Fez Teologia na Faculdade João Paulo II, sendo ordenado sacerdote, em Lençóis Paulista, no dia 25 de janeiro de 2008, dia da Conversão de São Paulo, pelas mãos do arcebispo metropolitano Dom Aloysio José Leal Penna. E ontem, 25 de janeiro, completou 10 anos de ordenação sacerdotal e completará em fevereiro 9 anos de São Manuel.

Com uma história de vida e de atuação por nossa cidade, conversamos esta semana com o Pe. Adauto para saber o que mudou e melhorou em todo este tempo.

 

Jornal O Debate: Quantas Igrejas hoje fazem parte da Paróquia Nossa Sra. Consolata?

Pe. Adauto: Olá a todos os leitores do Jornal O Debate. A Paróquia Nossa Senhora Consolata desde a sua criação em 8 de fevereiro de 2009 consta com a Matriz Nossa Senhora Consolata, e as Capelas Nossa Senhora de Fátima, Santa Cruz e Santa Maria Gorethi.

 

 

Jornal O Debate: Quantas missas o sr. reza por mês?

Pe. Adauto: Em São Manuel de 46 a 50 Missas ao mês. Sendo distribuídas mais ou menos 10 mil Eucaristias ao mês.

 

Jornal O Debate: O sr. tem ideia de quantas crianças já batizou, deu a 1ª Eucaristia, crismou em São Manuel? Quantos casamentos já realizou?

Pe. Adauto: Mais de 1000 crianças já batizei em São Manuel, em torno também de 1.000 já receberam a 1ª Eucaristia. O Sacramento do Crisma, que é dado pelo Arcebispo entre jovens e adultos, também por volta 1.000 Crismas. Casamentos foram mais de 200.

 

Jornal O Debate: Com 10 anos de sacerdócio, sendo 9 anos dedicados à São Manuel, como o Sr. avalia hoje essa caminhada?

Pe. Adauto: Ao celebrar meus 10 anos de Padre só tenho que agradecer ao Senhor pelo chamado e as graças que Ele concedeu a mim durante todos esses anos. Aqui em São Manuel, entre lutas e vitórias, avalio como um momento marcante em minha vida, pois esta é a minha primeira Paróquia, visto que um ano fiquei em Lençóis Paulista como vigário paroquial do Santuário Nossa Senhora da Piedade. Como Pároco da Paróquia Consolata vejo que cresci muito, tanto espiritualmente como também na administração da Igreja.

 

 

Jornal O Debate: Em nossa primeira entrevista, em 2009, o Sr. estava dando início a Paróquia de Nossa Sra. Consolata. Hoje com quase 10 anos, como o sr. vê essa "construção"?

Pe. Adauto: Vejo como bênção de Deus. Cheguei aqui não tinha casa paroquial, tivemos que alugar. Minha paróquia de origem emprestou carro também, porque não tínhamos. As Igrejas precisavam reformar. Hoje temos casa paroquial, carro da paróquia, centro catequético, secretaria paroquial, já reformamos as igrejas: Nossa Senhora de Fátima, Santa Cruz e Santa Maria Gorethi e hoje estamos reformando o salão Paroquial e a cozinha.

 

Jornal O Debate: Quais as dificuldades que enfrentou?

Pe. Adauto: Dificuldades fazem parte da vida do discípulo do Senhor. Talvez a falta de compreensão de alguns que pensam pequeno. Com as coisas de Deus precisamos ser ousados. Mas as vitórias superam sempre esses momentos.

 

Jornal O Debate: O sr. é de Lençóis Paulista, mas quando veio já havia feito trabalhos em nossa comunidade e estava se inteirando de nossa cultura e rotina. Hoje o sr. se sente um são-manuelense, independente do Título de Cidadão, que o sr. já tem?

Pe. Adauto: Sim amo São Manuel! Tenho no meu coração essa cidade, o povo de Deus é muito bom. Procuro acolher a todos, infelizmente pelo tamanho da paróquia e pelos trabalhos na Arquidiocese não consigo abraçar todas as coisas.

 

Jornal O Debate: Conte um pouco do trabalho que desenvolveu e vem desenvolvendo nesses 10 anos de sacerdócio por São Manuel.

Pe. Adauto: Quando cheguei aqui nosso dízimo era baixo, hoje conseguimos manter todas as despesas da paróquia e junto com os eventos proporcionar as reformas e construções. Espiritualmente nossa paróquia cresceu muito: em torno de 30 movimentos e pastorais, atendimento pastoral e espiritual semanalmente, retiros, novenas, Cerco de Jericó. Procuro trabalhar com o CAP – Conselho Administrativo Paroquial e o CMPP – Conselho Missionário Pastoral Paroquial, sempre procuro partilhar e trabalhar em sintonia com as orientações da Arquidiocese.

 

Jornal O Debate: Pela sua juventude e dinamismo, acompanhamos que o sr. tem uma agenda bastante atribulada, tanto de compromissos pelo celibato, quanto de eventos das Igrejas que o sr. coordena. Como consegue dar conta de tudo?

Pe. Adauto: Minha resposta para esta pergunta é que sou feliz e realizado por ser Padre, acredito que quando você faz o que gosta e ama, tudo dá certo. Claro que como ser humano é natural o cansaço, às vezes, mas não tem nada mais gostoso do que poder deitar na cama à noite, depois de um dia de trabalho e realizado por ter feito o que deveria fazer. Além de Pároco aqui na Consolata, sou Representante dos Presbíteros de nossa Arquidiocese, logo participo do Conselho de Presbíteros e do Colégio de Consultores de nossa Arquidiocese. Também sou Presidente da Dimensão Bíblica e Catequética da Arquidiocese, junto ao Arcebispo sou responsável pela catequese em toda nossa Arquidiocese. Junto a este ofício criei em nossa Arquidiocese a Escola Catequética, que já está indo para sua terceira turma, hoje tempos mais de 1.100 catequistas em nossa Arquidiocese e quase 400 já passaram por este escola. Além da coordenação geral da Escola Catequética, que hoje conta com 4 polos uma em cada Região Pastoral (Botucatu, Avaré, Laranjal Paulista e Lençóis Paulista), também dou aulas nessas Escolas. Então tenho reuniões em nível regional, estadual e nacional tanto como Representante dos Presbíteros como da Dimensão Bíblico Catequético, por isso quando não estou na paróquia, estou nesses trabalhos.

 

 

Jornal O Debate: Quais os projetos futuros, a curto e longo prazo?

Pe. Adauto: Nosso projeto era adquirir um terreno ao lado da paróquia para ampliação. Recebemos uma proposta dos proprietários desse imóvel e não poderia ficar comigo isso. Propus à comunidade, mas infelizmente não atingimos nem 40 % do valor, logo resolvemos dar prioridade para a reforma do salão da Consolata. Estamos acabando a cozinha e iremos avançar para o salão. Após esta reforma iremos partir para reforma da Igreja Nossa Senhora Consolata.

 

Jornal O Debate: Fique a vontade para completar, contar, esclarecer sobre pontos importantes...

Pe. Adauto: Quero agradecer ao povo de São Manuel pelo acolhimento e pelas propostas abraçadas durante esses nove anos aqui. A Deus por ter me chamado, por ter sido meu amparo e sustento durante esses 10 anos de Sacerdócio. O importante para nós, sacerdotes, é Proclamar a Boa Nova do Senhor, e acredito que tenho feito isso, apesar das minhas fragilidades. Peço a Deus, através das mãos de Nossa Senhora Consolata que eu possa ser sacerdote conforme o Coração do seu Filho Jesus e que eu tenha forças para continuar o anúncio do Evangelho a este povo tão querido de São Manuel a mim confiado.

 

 

Minha bênção,

Pe. Adauto José Martins

Central São-manuelense de Comunicação – Jornal O Debate, Rua Cel. Rodrigues Simões, 69
Centro – São Manuel – SP, Telefones (14) 3842.3637 / 3841-4459 – contato
Desenvolvimento e Hospedagem: TeraQualy