Edição 597_revista de 15/06/2018

Curiosidade: Mulher do Mazzaropi no cinema era de São Manuel

A atriz contracenou durante quase todos os filmes, era são-manuelense.

Geny Almeida Prado nasceu em São Manuel em 12 de julho de 1919 a atriz começou sua trajetória no rádio como atriz de novelas na década de 40, neste período estas novelas tinham aceitação do público passando por emissoras como a Cruzeiro do Sul, Excelsior, Emissoras Associadas Radio Tupi e Difusora assim, conhece Amâncio Mazzaropi  onde começou uma carreira de sucesso. 

Geny Prado atuou como esposa de Jeca nos filmes produzidos por Mazzaropi e também como sua namorada, empregada, sogra, etc. e também em mais de 30 novelas na Rede Tupi construindo uma carreira de sucesso.

Atuou nos filmes

CHOFER DE PRAÇA, JECA TATU, UM CAIPIRA EM BARILOCHE, JECA CONTRA O CAPETA, O JECA E A FREIRA, O JECA E A EGUA MILAGROSA.  

 A atriz era recatada e concentrada no trabalho, no entanto com a morte de Mazzaropi no início dos anos 80 praticamente cessaram as oportunidades da atriz.

“Convivi com ele durante todo este tempo. Éramos uma família, devo minha carreira a ele. Nos seus filmes gostava de improvisar, porque ele era engraçado mesmo na espontaneidade, um artista nato” Jornal o Estado de São Paulo  14 de junho 1981.

Além de Mazzaropi, Geni contracenou com outros grandes artistas. Na novela Éramos Seis (TV Tupi, 1977) de Silvio de Abreu e Rubens Ewald Filho, baseada na obra da Sra. Maria José Dupré, a artista atuou ao lado de Nicete Bruno, Carlos Augusto Strazzer, Carlos Alberto Ricelli, Ewerton de Castro, Maria Izabel de Lizandra, Nydia Lícia, Maria Célia Camargo, João José Pompeo, Jussara Freire, Paulo Figueiredo, Geórgia Gomide, Edgar Franco, Carmem Monegal, Adriano Reys, Sylvio Rocha, Flávio Galvão, Amilton Monteiro, Geny Prado, Reny de Oliveira, Carmem Monegal, Francisca Lopes, Douglas Mazzola, Nara Gomes, Leonor Lambertini, Luiz Carlos Braga, Gésio Amadeu e Beth Goulart.

Na novela idolo de Pano (TV Tupi, 1974). foi ao lado de Laura Cardoso, Walter Foster, Carmem Silva, Elaine Cristina, Aparecida Baxter, Aida mar, Denise Del Vecchio, Eudoxia Acuña, Geny Prado, Glauce Graieb, Dênis Carvalho, Rildo Gonçalves, Silvio Francisco, Zodja Pereira,  Tony Ramos, que Geni brilhou.

Central São-manuelense de Comunicação – Jornal O Debate, Rua Cel. Rodrigues Simões, 69
Centro – São Manuel – SP, Telefones (14) 3842.3637 / 3841-4459 – contato
Desenvolvimento e Hospedagem: TeraQualy