Edição 588 de 26/01/2018

São Manuel mantém dose completa da vacina contra febre amarela

O Governo Federal anunciou que começará a campanha de vacinação com doses fracionadas nos estados de São Paulo e Rio de Janeiro. No entanto, o município de São Manuel, por meio da Vigilância Epidemiológica, permanece ministrando a vacina contra a febre amarela em dose completa, em esquema de rotina para as pessoas que nunca receberam nenhuma dose da vacina.

A dose completa permanece independente da procedência da pessoa a ser vacinada. Em caso de dúvida, a Vigilância Epidemiológica orienta o comparecimento na unidade de saúde com a carteira de vacinação para que, caso necessário, seja atualizada.

Sem casos até o momento

De acordo com boletim divulgado no último dia 08 de janeiro pela Secretaria de Estado da Saúde, desde janeiro de 2017 foram registrados 160 casos suspeitos de febre amarela, sendo 58 casos confirmados e 19 resultaram em óbito. Na macro região de Botucatu – a qual São Manuel está inserida, nenhum caso da doença foi registrado até a data de divulgação do boletim.

Imunização

A imunização é a principal forma de evitar a infecção pela doença. A proteção é fundamental, sobretudo para pessoas ainda não vacinadas. A vacina também é indicada para toda a população residente em áreas de risco a partir dos nove meses de idade.

A aplicação deverá ser avaliada por médicos para pessoas com 60 anos ou mais, mulheres que estejam amamentando, pacientes com imunodeficiência e com outras patologias. A vacina é contra-indicada para gestantes.

A vacina contra a febre amarela tem eficácia superior a 95% e os anticorpos protetores aparecem entre o 7º e o 10º dia após a aplicação da dose, razão pela qual a imunização deve ocorrer 10 dias antes de se ingressar em área de transmissão.

Central São-manuelense de Comunicação – Jornal O Debate, Rua Cel. Rodrigues Simões, 69
Centro – São Manuel – SP, Telefones (14) 3842.3637 / 3841-4459 – contato
Desenvolvimento e Hospedagem: TeraQualy